Закрыть ... [X]
Закрыть ... [X]

A discectomia percutânea é um método cirúrgico utilizado no tratamento de dores irradiadas da coluna para os membros (membros superiores ou inferiores), causadas por hérnia de disco. O método tem sua indicação somente quando há falência do tratamento conservador convencional (como fisioterapia e/ou tratamento com fotos hernia de disco medicamentos).

A dor intratável clinicamente e o chamado déficit neurológico mínimo (perda de força discreta ou alterações de sensibilidade superficial) podem levar a indicação da Discectomia Percutânea. Todo paciente, com queixas de dores na coluna e irradiadas para os membros, deve procurar um especialista na área da coluna vertebral, que poderá, após o exame clínico, indicar os exames complementares a serem realizados. Exames como radiografias dinâmicas da coluna vertebral ou exame de Ressonância Magnética são usualmente os mais solicitados. Outros exames (como Discografia ou Ressonância Magnética com carga) podem ser eventualmente também ser requisitados.

Os procedimentos percutâneos têm uma disco história longa. Os primeiros procedimentos foram realizados no início dos anos 60 e se caracterizavam pela injeção de substâncias no disco degenerado (hérnia de disco). As primeiras substâncias injetadas provocaram uma série de reações alérgicas, fazendo com que esse método fosse abandonado. Nos anos 70 e 80, houve o desenvolvimento de novos materiais, permitindo o acesso à coluna vertebral com mínima agressão aos tecidos. De 1990 aos dias atuais, houve um conhecimento mais preciso das doenças da coluna vertebral, graças ao advento de novos métodos diagnósticos como a Ressonância Magnética e a Tomografia Computadorizada. Este conhecimento permitiu uma melhor correlação entre as queixas, exame clínico-neurológico e imagem do paciente.

O especialista na área da Coluna Vertebral usualmente vai indicar o a Discectomia Percutânea para as chamadas hérnias contidas (quando ainda não ocorreu extravasamento do núcleo pulposo, cartilagem do interior do disco). Caso haja extravasamento, nas hérnias denominadas “extrusas”, esse método não tem eficácia e não deve ser empregado.

Nos casos em que há indicação, o profissional irá explicar os limites do tratamento e as eventuais complicações (que podem ocorrer em qualquer procedimento cirúrgico). A recomendação de pedir os esclarecimentos e informações da Discectomia Percutânea faz parte obrigatória da relação médico-paciente, bem como do denominado consentimento informado.

A Discectomia Percutânea é realizada com anestesia local e sedação controlada por anestesista, o que permite conforto e segurança para o paciente e o cirurgião.

A Discectomia Percutânea visa à descompressão da raiz nervosa e o alívio da dor. Para a sua realizaçāo, podem ser utilizados diversos materiais. O cirurgiāo irá escolher o mais indicado para o bom resultado do procedimento. No pós-operatório, o paciente deverá realizar um programa de neuroreabilitação com fisioterapia para evitar a progressão da doença da Coluna Vertebral. Hábitos de vida saudável, como atividades físicas orientadas, controle do peso e evitar o tabagismo compõem a “Cartilha Diária”.

EDUARDO BARRETO

CRM RJ – 52 378877





ШОКИРУЮЩИЕ НОВОСТИ



Related News


Hijas de obama fotos
Fotos de las chivas chistosas para facebook
Editor de fotos con letras de graffiti
Fotos del hotel de cima en mazatlan
Fotos de la cerveza corona